HISTÓRIA

O Regime Próprio de Previdência Social de Botucatu foi instituído pela Lei Complementar nº 910 de 13 de dezembro de 2011 e foi reorganizado através da Lei Complementar nº 1.231 de 19 de dezembro de 2017 abrangendo a Administração Direta, Indireta, Autárquica e Fundacional do Município de Botucatu, criando-se assim o Botuprev – Instituto de Previdência Social dos Servidores de Botucatu, autarquia autônoma, responsável pela administração do RPPS e pelo recolhimento, gestão e aplicação das contribuições previdenciárias dos servidores públicos Municipais titulares de cargo de provimento efetivo no regime estatutário e dos entes patronais. Esse regime está previsto no artigo 40 da Constituição Federal.

Os valores das contribuições são investidos no mercado de renda fixa e variável obedecidos os critérios e limites definidos na resolução do Conselho Monetário Nacional – CMN nº 3.922 de 25 de novembro de 2.010 e suas alterações, a fim de formar um patrimônio suficiente à cobertura dos benefícios a serem concedidos futuramente.

O Instituto de Previdência compreende um conjunto de benefícios que garantem:

Para o beneficiário: Aposentadoria, Salário Maternidade, Salário Família, Auxilio Doença.

Para o dependente: Pensão por Morte e Auxílio Reclusão.

A Administração e fiscalização da autarquia municipal contarão com três colegiados, com participação de representantes do Município e dos segurados, conforme artigo 138 da LC nº 1231/17.

 

São órgão de Gestão do Botuprev, conforme artigo 139 da LC nº 1231/17:

 

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO - Órgão soberano de deliberação coletiva, será constituído de

7 (sete) membros, conforme artigo 140 da LC nº 1231/17, a saber:

- 3 (três) membros indicados pelo Prefeito Municipal; 

- 4 (quatro) membros eleitos pelos segurados, ativos ou inativos, do Município de Botucatu;

- Serão indicados e eleitos 7 (sete) suplentes, observada a mesma representação.

 

CONSELHO FISCAL -  Função de fiscalizar e analisar as contas do Instituto, o Conselho Fiscal será constituído de 5 (cinco) membros, conforme artigo 150 da LC nº 1231/17, a saber:

- 2 (dois) membros indicados pelo Prefeito Municipal;

- 3 (três) membros eleitos pelos segurados, ativos ou inativos, do RPPS de Botucatu;

- Serão indicados e eleitos 5 (cinco) suplentes, observada a mesma representação.

 

COMITÊ DE INVESTIMENTOS – Órgão colegiado destinado a auxiliar o Superintendente e o Diretor Administrativo Financeiro no processo decisório relativo a execução da política de investimentos, será composto por 5 (cinco) membros, conforme artigos 153 ao 158 da LC nº 1.231/17.  O Diretor Administrativo e Financeiro será considerado membro nato do Comitê de Investimentos, e ocupará a sua presidência. Os demais membros do Comitê de Investimentos serão indicados da seguinte forma:

 - Dois membros pelo Conselho de Administração;

 - Um membro pelo Conselho Fiscal;

 - Um membro pelo Superintendente.

Os membros indicados para integrar o Comitê de Investimentos serão nomeados pelo Superintendente para cumprir mandato de 2 (dois) anos, podendo ser reconduzidos.

 

SUPERINTENDÊNCIA - Órgão executivo do BOTUPREV, compete a gestão da autarquia e do RPPS de Botucatu, executando os serviços de arrecadação das contribuições dos servidores municipais e dos entes de direito público do Município, de aplicação dos recursos disponíveis da autarquia e de concessão dos benefícios previdenciários aos segurados e seus dependentes, conforme Artigo 159 da LC nº 1231/17.

O Superintendente é indicado e nomeado pelo Prefeito Municipal com mandato de 4 anos.




Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira das 8 às 17 horas
Rua Major Moura Campos, 354 - Bairro Alto - Botucatu - SP
CEP: 18.601-040 - CNPJ: 14.381.084/0001-65 - Fone: (14) 3882-0776

© Copyright ©   BOTUPREV -   Todos os Direitos Reservados |  Desenvolvido por Decisão Informática




Prefeitura de Botucatu  Câmara Municipal de Botucatu  Previdencia  Associação  Sindicato  Vero Card